sexta-feira, 21 de março de 2014

2

Amar, amando, amei.



Quem dera o amor ser fogo e não se ver... Vejo mais fogo que amor, vejo amor no fogo... Achei que amava...E amei... Cego que é o amor, não eu. Eu tinha visto... Vir tudo e não acreditei... Mas o que veio depois é o que importa... Desamor? Não sei... Talvez tenha sido o próprio amor... Amor não é paixão... Amor é essência... Tinha cheiro bom.
.. Achei que nunca mais ia amar... Achei... Achei a forma certa de amar... Não... Não é amar... É ser o amor...

2 comentários:

  1. Apaixonada por esse texto, serio, parece poema, poesia, não sei bem *u* Perfeito!
    Beijo :3

    ResponderExcluir
  2. Eu amei o texto, como sempre. Eahauahu.
    Amor tá passando ser "qualquer coisa", sabe? Perdendo seu valor, sua essência... e acho que por isso que acabamos sofrendo mais do que amando. Quando a gente encontra alguém que ama como deve ser amado, senti como deve ser sentido e esquece de "padrões" ou coisas do tipo, é aí que tá aquele amor puro e verdadeiro que tanto esperamos encontrar um dia.

    Beijo!
    Fofuramentos - Fanpage

    ResponderExcluir