sábado, 17 de janeiro de 2015

8

Resenha - O Sincronicídio


Oie pessoas, bem, hoje vai minha primeira resenha literária em 3 anos de blog (que não comemorei nenhum até hoje :/), mas não porque não leio, mas pelo fato de que sou meio restrito a livros, normalmente só leio o que é realmente do meu gosto ou que tenha um pouco haver comigo, ou seja, isso tira 80% de possibilidades numa livraria, mas estou querendo quebrar isso logo em breve.

O livro de hoje, acho que me emociona falar um pouco dele e de quem escreveu, pelo fato de ser brasileiro e baiano (aewooo uehauehauhe). Sim, "O Sincronicidio - Sexo, morte e revelações Transcendentais", foi escrito pelo maravilhoso Fabio Shiva, que assim como eu é soteropolitano e músico (cof cof, sou quase), e tem o tema que amo de paixão: romance policial. E sem esquecer que ele se tornou um grande amigo e parceiro do blog.

A principio, achei estranho um romance policial ter 500 páginas, sim, o fato era que esse livro é diferente de tudo que li na vida, algo completamente novo, uma maneira de escrever totalmente diferente do convencional, por horas via o livro falando do próprio livro, e vice-versa, isso demonstrou tamanha genialidade do Fabio Shiva, que misturou o I Ching (um tipo de Horoscopo Chines), com xadrez e o padrão de folhetim.

Tendo como personagem principal o inspetor Alberto Teixeira, o livro viaja num verdadeiro jogo mortal. Jogo tão alucinante que me fez o ler em 7 dias (ou melhor, 7 madrugadas haha). Já a maneira que se discorre o enrendo, dá para perceber, que por momentos nada se parece com Sherlock Holmes (Arthur C. Doyle) ou Hugo Poirot (Aghata Christie), talvez lembrei um pouco de Dan Brown e seus momentos de tensões que nos faz sentir o livro na alma.

Sim, sobre os crimes, eles nunca deixam de ocorrer, porém o mais importante na história, não é o desvendamento do crime, e sim o próprio crime em si.


Não há meras coincidências.
Tudo é coincidência. 

Coincidência ou não, esse livro me fez desprender um pouco dos meus gostos pessoais a respeito de temas, talvez pelo próprio mistério que causa o título, e talvez também, o fato de eu ter começado a ler, sem ter feito conclusões antecipadas, isso me fez admirar uma obra prima que poucos tiveram a oportunidade de ler. O Sincronicídio é um livro único.

Se se interessou no livro, você poderá comprar o livro no próprio site da Caligo Editora, que fez um maravilhoso trabalho com o livro, clicando aqui. Para acompanhar o trabalho do Fabio e seu livro clique aqui, ah, acesse a página da banda dele também, Mensageiros do Vento, que faz um maravilho trabalho além de musical, literário  assim você contribui para o desenvolvimento da nossa riquíssima literatura nacional.








8 comentários:

  1. Não é do tipo dos livros que eu gosto de ler, porém, me interessei! Parece ser daqueles livros que não te deixa parar de ler até que termine, e a história é beeem interessante. E por último, amei saber que tem 500 páginas, porque eu AMO livros grandes <3

    Beijos!
    Senhorita Imperfeita

    ResponderExcluir
  2. Boníssima análise. "O Sincronicídio" é tudo isso sim! :)

    ResponderExcluir
  3. COnfesso que não é muito de tipo de livro que costumo gostar, mas me pareceu ser interessante, pra quem gosta desse tipo de leitura deve ser muito bom mesmo.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá! pela sua descrição o livro parece ser realmente incrível ! também sou difícil de realmente gostar de um livro... gosto de livros inteligentes , poéticos, filosóficos ... heheheh . Não sou muito nem de fazer nem de ler resenhas pq meu gosto sempre é diferente. Eu nunca li um livro de suspense policial , mas se fosse ler um com certeza seria esse!!!

    http://www.virtualparadisee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da resenha pelo fato de ainda não conhecer o livro.
    Fiquei super curiosa.
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Jean, que livro empolgante, hein! Super curti a resenha, não conhecia o livro, mas já sinto uma curiosidade crescendo em mim haha

    Abraços,
    http://www.revolucaonerd.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá. Puxa, pela sua descrição parece muito bom. Não é do tipo de livro que costumo ler (detesto mortes, tensão e suspense, gosto particular) mas você falou tão bem, que fiquei curiosa. Não é sempre que se ouve falar tão bem de um autor brasileiro. "Genialidade". Curti nas redes sociais e vou acompanhar o trabalho dele.
    Abraços
    amornuvem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Ola! Tudo bem?
    Esse livro parece muito interesante. Tenho vontade de lê-lo.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos e boas leituras! :)
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir