segunda-feira, 10 de março de 2014

3

Os outros - Cap. IV




Cap. IV
Aves Clichês.


Sentado ali, avistava ele o mar, e as aves clichês que sempre passam voando... Não havia corvos negros, sonhos nem pessoas... muito menos sinal dos outros... Somente ele... Ele e sua mente obtusa...Mundo paralelo, ou não? Dúvida cruel do que seria aquele momento... Mas tentava imaginar ele, como pensam os outros, vida sem aves... Sem ondas... Sem o cheiro do mar... Talvez as aves não seriam clichês na cena, talvez nesta cena as aves seriam tudo, tudo, menos os outros...

3 comentários:

  1. Solidão? seus textos são muito bem escritos, e trazem a tona sentimentos muito, muito humanos que por mais que faça bem expor, são escondidos a sete chaves. Até mal vistos, por essa sociedade hipócrita!kkkk desculpe o desabafo **

    http://www.virtualparadisee.blogspot.com.br/
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do texto. Aliás, seus textos são sempre meio profundos, sabe? O quê me faz gostar mais um pouquinho ainda. Hahaha.
    São coisinhas bobas, mínimas, até clichês que dão o "ar da graça" e nos fazem reparar o tamanho da diferença que elas fazem, mesmo que não sejam "nada demais".

    Beijo!
    Fofuramentos - Fanpage

    ResponderExcluir
  3. Cara que texto perfeitos, que capacidade você tem de criar textos tão lindos como esse. Qual a sua inspiração? Eu preciso saber.

    :D

    http://nospodemosonhar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir